terça-feira, agosto 08, 2006

Willy Caolho & Jack - Whisky

- Jack…

- Jack…

- Jack, acorde! – gritou um alegre Willy Caolho
- Que foi Willy? – um sonolento Jack, saindo de seu recluso reduto.
- Venha ver uma coisa. – Willy, estava na beirada da sacada de seu casebre.
- Mas a essas horas da madrugada? Não pode deixar o dia nascer? – Jack, percebendo que a lua ainda estava no meio do céu.
- Deixe de reclamar seu jacaré preguiçoso, para você tanto faz ser dia ou noite. Você mesmo disse que não sofre com a ação do tempo, portanto não sente sono.
- Sim, eu sei Willy. Mas eu estava concentrado em nossos pensamentos.
- Depois você pensa. Ou melhor, nós pensamos. Agora veja isso. – apontando em direção ao pântano
- Ver o que Willy?
- Você não está vendo?
- Não Willy...o que é para ver?
- O pântano!
- O que tem o pântano Willy?
- Não vê? Ele está girando!
- Willy, acho que você está bêbado. O que você bebeu?
- Bebi só umas garrafas de whisky!
- Você diz aquelas 7 garrafas de whisky que estão em cima da mesa?
- Por aí...mas veja, o pântano. O pântano está girando! Isso não é maravilhoso?
- Ah se é... – se já era difícil dialogar com Willy sóbrio, pior era um Willy ébrio. – mas ele só está girando para você. Para mim ele continua parado.

E ficou Willy Caolho, de braços abertos na beira da sacada de seu casebre, vendo o pântano girando, girando...girando...girando...até que sentiu seu corpo ganhar peso para frente e cair desenfreado na grama, em frente a sacada. Dormiu ali mesmo.

Jack estava tão feliz por se sentir livre. Não havia mais ninguém para lhe perturbar por algum tempo. Até que sentiu um tapa nas costas:

- Jack, como é bom ver você amigo!

Jack se assustou, afinal, nunca sentira um contato físico antes.

- Quem...quem é você?! – Jack, assustado com tal fato.
- Eu sou nosso eu ébrio!
- Não pode ser!
- Claro que pode. Quando o seu outro eu bebe, ele me libera.
- Então seriamos 3 eus?
- Deixe de ser bobô, jacaré. Vocês são 2. Eu sou só uma manifestação mais desprendida de Willy!
- Então você é o Willy?
- Não, eu sou eu.
- Ai, ai...acho que isso vai demorar para passar...
- Ótimo, enquanto isso que tal jogarmos cartas?

- Era o que me faltava...- murmurou Jack, imaginando a ressaca que o aguardava.

Tommie S. Swamp

4 Comments:

Anonymous aochocolate said...

hic...hic...hic...
acho que vou fazer um caf´r bem forte. fiquei um pouco tonta com este grau de alcoolemia. :)
Have a nice day

a.

09 agosto, 2006 05:20

 
Blogger Roy said...

De bebado e louco, o Jack parece ter um pouco mais do que a maioria '-) abrax RF

09 agosto, 2006 08:00

 
Blogger Manoel van Pelt said...

jacaré... um animal adorável!

10 agosto, 2006 15:48

 
Anonymous Anônimo said...

Bonjour, umdiadavida.blogspot.com!
[url=http://cialisanta.pun.pl/ ]Achat cialis [/url] [url=http://viagrapeck.pun.pl/ ] viagra en ligne[/url] [url=http://cialisycin.pun.pl/ ]Acheter cialis [/url] [url=http://viagrappro.pun.pl/ ]Acheter du viagra online[/url] [url=http://cialistyli.pun.pl/ ]Acheter du cialis en ligne[/url] [url=http://viagrantor.pun.pl/ ]Acheter viagra en ligne[/url]

24 novembro, 2009 19:55

 

Postar um comentário

<< Home